Abençoada, seja!

Alexandra-Levasseur2

Com os cotovelos apoiados na madeira de cor sem nome, deixei que me avistassem no teto alto da intimidade.

Esperava ansiosa pela massa cinzenta pronta para desabar, escorraçando o mundo. O movimento do ar seguiu à esquerda, agitando fitas velhas que pediam carona em direção à liberdade: não pertenciam àquele metal moribundo ao qual estavam entrelaçadas.

Aposto um minuto para que a chuva leve minha escuridão. Mas que céu obedece aos caprichos humanos? Ela chegou em brasa como foguete vindo do espaço atmosférico, e sem pedir licença, jogou seus braços pesados sobre meu corpo minguado, impondo o devido respeito.

O ar tornou-se compacto e quadrado. Trancadas as janelas, respirei o sufoco entre cinco paredes mórbidas, insossas e tediosas.

Nesses momentos aprisionantes sinto-me como uma criança à caminho do castigo, nos exatos segundos compostos pelos berros da mãe que, aproveitando de sua autoridade, manda e desmanda à impertinência infantil, interrompendo a brincadeira e sacudindo-a para sua cela chamada de quarto.

Como semente, anseio e peço pelo sol. Junto as palmas de minhas mãos magrelas encostando os dedos à fronte, e sem vergonha nenhuma clamo por piedade. Piedade de mim que quero chutar todas as portas e botar a cara no vento seco, bravo e veloz.

Contenho meus impulsos primitivos abafando o grito do reclame. Agradeço a chuvarada tagarela pela abundância das águas celestes. Finjo que sou santa e me agarro à hipótese de que tudo não passa de um exercício de paciência.

Será que quando a bola de fogo aparecer irei implorar pela volta do dilúvio?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s