Insolúvel

noel

Íris amarela ensolarada. Ao fitar profunda, jabuticabas minhas e úmidas, ergue-me com força fresca de verdes calmos.

Cabeça firme erguida ao céu que não existe, ilumina radiante meus caminhos tortuosos, humanos e variáveis.

Reverencio seu amor, inspirando-me na sabedoria farta e humilde, simples e altiva. Aperta doce meus ombros, cruza consciente meus pulsos.

Cura minha alma, abranda minha mente, abre firmeza nas brasas de minha fé vacilante.

Na Natureza vibram, abundantes, todas as respostas. Esclarece meu pranto, manto sagrado.

É preciso que desça em terra, fluido de calmaria reta.

Movimento, equilíbrio, doação iluminada. Vasta como história viva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s