Entrevista com As Tattooistas: arte e empoderamento feminino

tattooistas11

Do calor da rua cheguei ao risco, rabisco preciso na pele. Esperava suada pelos corações que iria sentir.

Meus olhos curiosos percorriam todo o espaço da espera. A arte em caligrafia povoava alguns quadros, e desenhos distintos emolduravam paredes. Uma delas exalava a vida de quem fez do traço sua sustentação, pincelada por figura imponente.

Respirei um fôlego pequeno e dei um passo tímido, ensaiando a captura de ângulos que registrassem a empatia bem decorada. Budas e divindades, estátuas e surpresas. Ali havia sido uma casa onde habitava gente, com cozinhas e cômodos que guardavam histórias latentes.

No experimento dos meus cliques não percebi que, graças à minha delicadeza nervosa, esbarrei no único botão que não podia, e desconfigurei a câmera inteira. Daí pra frente foi só borrão.

tattoo

t3

tattoo1
Decoração estúdio Inkdomus

Dei meu abraço na primeira tattooista, humana como eu. Mania de delirar com grandes talentos.

Cabelos longos e levemente ondulados, com presilha que prendia mecha suave no alto da cabeça. Havia uma covinha nas bochechas que combinava com seu queixo fino. Os óculos de acetato tinham formato de gato, e davam aos seus olhos propriedades felinas.

Ela permitiu-se ao clima e vestiu vestido solto, sem costuras desgastantes e com fios de alcinhas sobre os ombros. Verde com cachorros minúsculos, todos de óculos. Dos braços sombreados fugi o olhar para poupar meu próprio constrangimento; dava vontade de arregalar os olhos em cada milímetro. A planta dos seus pés e o caule que vem antes deles eram pintados por cinzas vivos de significado. Parecia confortável e alegre, simplesmente ali.

tattooistas71

Uma moça de corte curto nos cabelos saiu com arte no braço: linhas emergidas da impossibilidade de medidas. Um cacto. Uma flor. Magia delicada e precisa. Foi embora marcada por inspiração.

Num estalo enxerguei a segunda. Olhos arredondados como nozes preenchidas por um marrom amendoado, queimado e profundo. As sobrancelhas grossas passavam um tom de mel leve. O rosto magro, o penteado cortado puxado inteiro para trás formando um rabo calculado, simétrico e independente. Pontos cobriam seus ossos. Traços endireitavam o dorso acima das mãos. Desenhos incompletos que anunciavam o desenrolar de uma construção.

tattooistas41

A chegada de mais uma. Quieta de mente fervilhante. Os fios curtos mostravam as feições diferentes do seu rosto, lados puxados em harmonia. A camisa era de manga longa e representava um azul só dela. Engoliu uma cerveja nova e seus ouvidos eram mais importantes do que a decorrência das falas. Escutava, parada em movimento interior. Reservava-se para ela mesma. Brincos redondamente alargados. Cara de espera pelo que há por vir.

tattooistas51

Veio então a peça final. Com voz grande e aberta, cabelos claros e individuais, olhos transparentes e face sedutora. A camisa de listras espaçadas fundia-se às cores espalhadas pelo seu corpo. Prendeu meu olhar.

tattooistas21

Alguém, quem seria, teve a ideia luminosa de que subíssemos férteis os degraus em busca do sol que radiava no térreo da alta construção. Primeiro os degraus de madeira, depois as bolinhas emborrachadas em alto relevo.

Lá o ar era mais bonito. Os tons de fim de tarde anunciavam uma respiração mais calma e inspiradora, e ali tudo se fez. A entrevista começou de maneira extra oficial; a conversa já acontecia lá embaixo no embalo crítico de quem ama o que faz.

Eu era uma só. Coração aberto a outros orações. Ouvido afinado a vozes e opiniões. Flores que já floresceram e agora vivem de embelezar esse mundo vasto. Eu pegava no ar as sílabas que sentia. Estava a trabalho e me apaixonei pela energia. Há um grupo. Há um sentimento. Há um propósito.

Cada coração era fundo. Expandiam-se pela atmosfera e acendiam o meu, trazendo o entendimento de que todas éramos do mesmo sangue, nascente sagrado e feminino.

tattooelas
A mais bem focada

A entrevista completa você confere no maravilhoso Follow The Colours!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s