Acordada

niki

Escrevi, soltando o que me amarrava.

Súdita das palavras, me escravizei às cores de alma viva.

Se dona de mim, escolho, provo e logo entro em desacordo.

Acordo que se preze brota frouxidão no largar dos dentes.

Acordo que se preze não precisa de contrato. É no trato.

Na paz harmoniosa, no coração leve, na mente limpa e erro breve.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s