Carinho Meditativo

jojoart

Gosto de ouvir o cheiro da chuva, quando sussurra terra molhada nas promessas do meu futuro.

Limpeza que sorri depois de seca brava, que é para regar meus sonhos mais absurdos e torná-los possíveis.

Aproveito o rastro úmido rasgado pelo céu e coloro minha esperança com fé ativa, cansaço novo e recomeços eternos. Estes, guardados aos invertidos.

Avessos do óbvio.

Seja ao alto, por dentro ou embaixo, água é cura que me pausa, pulsando fluidez em meu coração encharcado.

Gotas de alívio sereno, à qualquer forma viva.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s